Quantos jogadores de Brasil e Argentina valem menos que prêmio de R$ 34,4 milhões da Mega-Sena?

Para os amantes de futebol, a terça-feira (2) é mais do que especial. Afinal, pela primeira vez na história, Brasil e Argentina, os dois maiores rivais da América do Sul, se enfrentam em uma semifinal de Copa América. Ambos os países possuem elencos milionários na competição, assim como o prêmio da Mega-Sena de R$ 34,4 milhões que será sorteado na quarta-feira (3).

 

 

Ainda que as grandes estrelas como Messi, Aguero, Gabriel Jesus e Philippe Coutinho valham cifras astronômicas, os dois grupos de jogadores possuem peças que um eventual vencedor dos R$ 34,4 milhões da Mega-Sena poderia levar para o seu time, caso fosse dirigente. Para ser mais exato, entre os 46 convocados (23 para cada lado), 12 deles estão, segundo o site especializado em futebol "Transfermarkt", com valor de mercado abaixo do que a loteria vai sortear.

 

Pelo lado brasileiro, Cássio e Fagner, jogadores do Corinthians, apresentam valores na casa dos R$ 15,2 milhões e R$ 26 milhões, respectivamente. Quem tem preço de mercado equivalente ao goleiro do time paulista é o zagueiro Miranda, da Inter de Milão-ITA.

 

Outros dois que também não estão com preço que chega próximo dos R$ 34,4 milhões da Mega-Sena são Daniel Alves e Filipe Luís, ambos laterais titulares da Seleção Brasileira e que, atualmente, estão livres no mercado. Enquanto o primeiro está avaliado em R$ 10,8 milhões, o segundo tem cotação em R$ 13 milhões.

 

Do lado dos "hermanos", sete atletas completam a lista de jogadores dos rivais que não estão com preço de mercado superior ao prêmio da Mega-Sena desta quarta-feira (3), que pode pagar R$ 34,4 milhões.

 

São eles: Milton Casco (R$ 5,4 milhões), Matías Suárez (R$ 8,7 milhões), Agustín Marchesín (R$ 19,5 milhões), Renzo Saravia (R$ 21,7 milhões), Guido Pizarro e Franco Armani (R$ 32,5). Ramiro Funes Mori que tem valor igual ao prêmio da Mega-Sena completa a lista.

 

A Mega-Sena sorteará concurso que pode pagar R$ 34,4 milhões nesta quarta-feira (3), a partir das 20h (no horário de Brasília). As dezenas da loteria serão escolhidas no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo. É possível acompanhar tudo ao vivo pelo Facebook do Sorte Online.

 

Bolões

 

Através do Sorte Online, uma aposta simples na Mega-Sena custa R$ 4,75. No entanto, os apostadores utilizam uma estratégia que aumenta em milhares de vezes as chances de ser o premiado: investir em bolões. Nessa modalidade, é possível ser mais agressivo, investindo em jogos com mais de seis dezenas ou um combo com diversos jogos, por exemplo. Em caso de vitória, o dinheiro é dividido entre todos aqueles que adquiriram uma cota.

 

O Sorte Online tem em seu site bolões estratégicos, desenvolvidos por especialistas em loterias, aumentando muito a probabilidade de premiação. Para o próximo concurso da Mega-Sena, o site oferece grupos com cotas a partir de R$ 10,00. As apostas se encerram no dia do sorteio, às 15h (de Brasília) para os jogos simples, e às 19h (de Brasília) para os bolões.

 

O Sorte Online é pioneiro em loterias na internet. Há mais de 15 anos no mercado, o site já distribuiu mais de R$ 83 MILHÕES em prêmios aos seus usuários.